Em nova pesquisa Lula amplia vantagem e sobre para 41% e os demais somam 27%


Uma nova pesquisa Vox Populi encomendada pela Central Única dos Trabalhadores (CUT), realizada entre 18 e 20 de julho, aponta que o ex-presidente Lula mantém uma confortável dianteira caso possa concorrer ao Planalto.

De acordo com o instituto, que não mediu cenários sem o ex-presidente, o petista tem 41% das intenções de voto. Bolsonaro (PSL) aparece com 12%, Ciro Gomes (PDT) com 5%, Marina Silva (Rede) ficou com 4%, Geraldo Alckmin (PSDB) também com 4%, Álvaro Dias (Podemos) com 1%, Manoela D’Ávila (PCdoB) com 1%. As intenções de voto de Henrique Meireles (MDB), Levy Fidelix (PRTB), Josué Alencar (PR), Paulo Rabelo (PSC), Guilherme Boulos (PSOL) e João Vicente Goulart (PPL) somaram 2%. 12% não souberam ou não opinaram, e 18% responderam nenhum/nulo/branco.

Lula terá de travar uma batalha judicial para ser candidato. Em tese, ele é inelegível com base na Lei da Ficha Limpa, por ter sido condenado em segunda instância pelo caso do tríplex. O PT pretende registrar sua candidatura em 15 de agosto e tentar viabilizá-la no Tribunal Superior Eleitoral e no Supremo Tribunal Federal.

CLIQUE PARA VER OS DADOS COMPLETOS DA PESQUISA

A pesquisa indica que Lula têm a preferência de quase 60% do eleitorado no Nordeste. Entre os que ganham até dois salários mínimos, ele registra 49%. O levantamento indica um melhora de Lula junto ao eleitorado que ganha mais de cinco salários mínimos: ele saltou de 23% para 29% da preferência nessa faixa de renda.


O instituto mediu que 40% dos eleitores já estão decididos em relação a seu voto. Outros 23% estão quase decididos, 19% ainda não se decidiram e 16% não tem nada decidido.

Dados da pesquisa
O levantamento está registrado no Tribunal Superior Eleitoral, sob o número BR-02205/2018. Foi realizado entre os dias 18 e 20 de julho, em 121 municípios, ouvindo 2.000 eleitores. Tem margem de erro de 2,2%, estimada em um intervalo de confiança de 95%.

fonte: CartaCapital



ATENÇÃO!! Os comentários aqui expressos não representam a opinião deste portal de notícias. A responsabilidade é inteiramente do autor da mensagem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *